terça-feira

A história de Amor

"Convite da Loucura
A Loucura resolveu convidar os amigos para tomarem um café na sua casa.
Todos os convidadeos foram. Após o café, a Loucura propôs:
-Vamos brincar ao esconde-esconde?
-Esconde-esconde? O que é isso? -Perguntou a Curiosidade.
-Esconde-esconde é uma brincadeira. Eu conto até cem e vocês escondem-se. Ao terminar de contar, eu vou procurar, e o primeiro a ser encontrado será o próximo a contar.
Todos aceitaram, menos o Medo e a Perguiça.
-1,2,3,... - a Loucura começou a contar.
A Pressa escondeu-se primeiro, num lugar qualquer. A Timidez, timida como sempre, escondeu-se na copa de uma árvore. A Alegria corre para o meio do jardim. Já a Tristeza começou a chorar, pois não encontrava um local apropriado para se esconder. A Inveja acompanhou o Trinfo e escondeu-se perto dele debaixo de uma pedra. A Loucura continuava a contar e os seus amigos iam-se escondendo. O Desespero ficou desesperado ao ver que a Loucura ja estava em noventa e nove.
-CEM! - gritou a Loucura. -Vou começar a procurar...
A primeira a aparecer foi a Curiosidade, já que não aguentava mais querendo saber quem seria o próximo a contar. Ao olhar para o lado, a Loucura viu a Dúvida em cima de uma cerca sem saber em qual dos lados ficar para melhor se esconder. E assim foram aparecendo a Alegria, a Tristeza, a Timidez...
Quando estavam todos reunidos, a Curiosidade perguntou:
-Onde está o Amor?
Ninguém o tinha visto. A Loucura começou a procurá-lo. Procuro no cimo da montanha, nos rios, debaixo das pedras e nada do Amor aparecer. Procurando por todos os lados, a Loucura viu uma roseira, pegou um pauzinho e começou a procurar entre os galhos, quando de repente ouviu um grito. Era o Amor gritando por ter furado o olho com um espinho. A Loucura não sabia o que fazer. Pediu desculpas, implorou perdão do Amor e até prometeu segui-lo para sempre. O Amor aceitou as desculpas.
Hoje, o Amor é cego e a Loucura acompanha-o sempre."


*Esta é uma história que muita gente conhece! Sinceramente eu desconheço quem é o autor dela, mas há cerca de seis anos houve uma pessoa que me deu esta história para ler, naquela altura não significou nada para mim, era apenas um texto, mas hoje, bem hoje é o conto que mais gosto de ler, embora pequenino, faz sentir-me bem quando mais preciso porque fala de varios estados de espirito e sentimentos pelos quais já passei e continuo a passar. Gosto em particular do final desta história, porque na verdade concordo imenso com ela, o Amor é cego e a Loucura acompanha-o sempre! E quem nunca amou ou no fim de uma relação se sentiu a chegar à Loucura? Acho que são coisas que fazem parte da vida, principalmente da adolescência, mas o Amor e a Loucura vão acompanhar o ser humano até ao fim!
Já passei um pouco por cada um dos estados de espírito referidos na história, e espero repeti-los, pelo menos os melhores! :)

3 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

ESPERANÇA

"Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenes
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
- ó delicioso vôo!
Será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança ...
E em torno dela indagará o povo:
- Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:

- O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA ...."

(Mário Quintana)

FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está aqui para desejar para você um ano de 2010 de muita LUZ. Que nele você consiga realizar alguns de seus mais importantes propósitos.
E que DEUS ÑANDE RU continue nos anemçoando COM A SUA ETERNA GRAÇA pelo resto de nossas vidas. Agradeço sua presença em meu blog durante o ano de 2009 com seus comentários sempre muito carinhosos e relevantes. E como já é tradição em nossa cultura trago algimas simpatias para entrar o ano de bem com ele. BOA SORTE.
QUE SEJAMOS FELIZES.
FELIZ ANO NOVO ! QUE OS BONS VENTOS SOPREM SEMPRE A SEU FAVOR EM 2010 !
Saudações Florestais !
http://www.silnunesprof.blogspot.com

Juliana. disse...

E como fazem parte todos esses sentidos de nossa vida!!
Lindo mesmo!
Bjos e um feliz 2010!!!

Menina Claudia * disse...

Gosto mesmo da história ! :D